domingo, 11 de setembro de 2011

Planta Conhecida como “Viagra” do Cerrado: Cumbarú







-Dipteryx alata;
-É uma leguminosa e pertence a família Papilionoideae;
-Esta árvore é nativa do cerrado brasileiro, aparecendo nos estados de Minas Gerais, no Triângulo Mineiro, São Paulo, norte do estado, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás;
-Esta árvore pode chegar a 25 metros de altura;
-Seu tronco pode atingir 70 centímetros de diâmetro;
-Possui copa densa, arredondada e sua madeira é muito resistente;
-O fruto é um legume lenhoso, castanho com uma única amêndoa comestível, a castanha;
-Os frutos maduros são recolhidos do chão após cairem do cumbaruzeiro;
-Parte da castanha é transformada em doce;
-Sua amêndoa é rica em ferro e zinco;
-Cumbarú vem do tupi-guaraní e significa “alimento que dá energia”;
-Esta é uma planta indicada para reflorestamento, devido a rapidez de seu crescimento;
-É também conhecido como Barú, Cumaru-de-folha-grande, Cumbaru-roxo, Barujo, Bugueiro, Cambaru, Castanha-de-bugre, Coco-feijão, Cumari, Cumaru, Cumarurana, Cumbaru, Feijão-baru, Feijão-coco, Imburana-brava e Pau-Cumaru;
-Esta árvore está ameaçada de extinção devido a destruição de seu bioma nativo, ocupado pela expansão agrícola, devido ao corte de sua excelente madeira e ao consumo de suas sementes na alimentação e como medicinal.
Fontes: agronline.com.br; brasil.nom.br; ipef.br; emporiodocerrado.org.br; paisagismodigital.com; nutrybrasil.com.br.
Maria Celia Amorim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela visita. Deixe sua crítica e sugestão para aperfeiçoarmos o blog. Abraços e Volte Sempre.